Estimulação e Reabilitação Cognitiva

Adolescência / Idade Adulta / Idade Maior

A Reabilitação Cognitiva é uma intervenção estruturada não-farmacológica, realizada em sessões com o paciente que apresente défices cognitivos passíveis de condicionarem as suas actividades de vida diária.
Estes défices cognitivos podem resultar de doença neurodegenerativa (ex: doença de Alzheimer ou doença de Parkinson) ou de doença traumática (ex: um Acidente Vascular-Cerebral ou um Traumatismo Crânio-Encefálico).

O objectivo desta intervenção é melhorar a qualidade de vida cognitiva e funcional do doente, através da estimulação baseada na compensação dos domínios das funções nervosas superiores que se encontrem afectados (ex: défice de atenção; dificuldades de memória ou de orientação; alterações executivas e de linguagem; dificuldades no raciocínio lógico e abstracto; declínio das capacidade de planeamento e tomada de decisão…) potenciando ao máximo os domínios cognitivos que se encontram conservados.

O número de sessões a realizar e a sua frequência são acordados, à partida, com o doente e seus familiares/cuidadores, consoante a gravidade dos défices cognitivos.
O diagnóstico de défice cognitivo, que pode ir de um grau ligeiro a moderado ou a acentuado, é estabelecido com base numa consulta inicial com o seu médico assistente (Neurologista, Psiquiatra, Médico de Medicina Geral e Família ou de Medicina Interna) que pode requisitar outros meios complementares de diagnóstico tais como imagiológicos, analíticos (análises ao sangue) ou de avaliação psicológica e neuropsicológica.

Com base em todos estes resultados e em critérios de inclusão discutidos entre a equipa da Clínica das Horas, o doente é integrado num programa de reabilitação cognitiva individualizado.

A família/cuidadores do doente são sempre envolvidos neste processo para que a lógica de cuidados continuados se possa manter no seu quotidiano. Como o apoio à família é muito importante, são ainda realizadas, no âmbito deste programa de reabilitação cognitiva, sessões psico-educativas de ensino e suporte aos familiares/cuidadores.

A Reabilitação Cognitiva é um tipo de intervenção muito útil e adequada, também, em fases precoces sempre que se pretenda prevenir o aparecimento, a médio prazo, de défices cognitivos característicos do processo de envelhecimento.

Contacte-nos

Telefones:
21 195 79 47
91 600 64 64

Blog

Equipa

ELISABETE CARVALHO
Psicóloga clinica e psicoterapeuta.
Terapia psicanalítica; Executive and LifeCoaching.
Prática clínica com adultos e idosos.
Fluente em Espanhol.

SOFIA RIBEIRO
Mestre em Neuropsicologia.

Experiência na Intervenção e Avaliação Neuropsicológica.

Estimulação/Reabilitação Cognitiva.

Fluente em Espanhol.